Search Menu

BLAD- Ingrediente Activo

Os nossos fungicidas contêm uma nova proteína como ingrediente ativo, patenteada, denominada BLAD.

A BLAD é um polipéptido de origem natural com 20 kDa que surge durante o processo de germinação das sementes de variedades doces de tremoço (Lupinus albus) e que é extraído das sementes germinadas.

A BLAD possui uma potente atividade fungicida contra os principais fungos que atacam as plantas, podendo ser comparada à dos produtos químicos de referência, com a clara vantagem de ser uma substância ativa biológica, não tóxica para o homem, animais e ambiente.

A atividade fungicida da BLAD resulta de um múltiplo modo de ação direcionado a alvos diferentes na célula do fungo. Sendo uma lectina, a BLAD liga-se fortemente à quitina possuindo, para além disso, atividades catalíticas de endo- e exo-quitinase o que perturba a estabilidade da parede celular do fungo. Na presença da BLAD também ocorrem alterações na membrana celular do fungo uma vez que existem várias evidências experimentais onde se reporta a presença da BLAD no interior das células. Finalmente, e talvez de maior impacto, a BLAD apresenta uma atividade de agente quelante sobre diversos iões divalentes. Esta atividade perturba a homeostasia natural da célula conduzindo à sua morte. No entanto, vários estudos corroboram a não toxicidade da BLAD para as plantas, insetos e animais superiores.

Este modo de ação multidireccionado foi recentemente reconhecido internacionalmente pelo Comité FRAC que em 2016 incluiu a BLAD numa nova categoria na sua lista de modos de ação de substâncias ativas (FRAC Code List©), no grupo M12. Em Fevereiro de 2017, o Comité FRAC introduziu uma nova categoria para os produtos de origem biológica com modos de ação multidireccionados (BM) e reclassificou a BLAD como pertencente ao novo grupo BM 01.

Todos os produtos formulados baseados na BLAD são parceiros ideais para uma agricultura sustentável, uma vez que são opções flexíveis para uso em misturas com outros produtos registados no tanque de preparação da calda e, como tal, constituem produtos chave a utilizar nos programas rotacionais de proteção das culturas.